domingo, 23 de outubro de 2016

TODO CAMINHO DÁ NA VENDA!



      Há alguns anos, estive em uma clínica a fim de realizar alguns exames para renovação da carteira de motorista. Ao entrar na sala da psicóloga, fui atendido por uma senhora muito gentil. De forma atenciosa, ela seguiu as formalidades pertinentes àquele processo e, em seguida falou, de modo educado:

-          Ah, o senhor é Batista, não é?!
-          Isso mesmo – respondi, cordialmente.
-          Eu gosto muito de freqüentar igrejas – prosseguiu – Gosto de ouvir a palavra de Deus, e costumo ir a vários lugares... – disse a gentil senhora, enquanto citava alguns nomes. – e arrematou: - Vou sempre, pois como o senhor sabe, “todo o caminho dá na venda!” – exclamou, exibindo um largo sorriso.
-          A senhora pensa assim mesmo?... – perguntei sorrindo, educadamente – e continuei: - Vamos supor que a senhora quisesse ir ao centro do Recife. O que faria? Tomaria qualquer direção para chegar até lá? Ou a senhora precisaria do caminho certo?
-          Não, evidentemente, eu precisaria do caminho correto para chegar lá.
-          Então, – continuei – se funciona desta forma em nossa vida natural, por que em relação à vida espiritual, que é tão mais importante, tudo funcionaria de “todo jeito”?
-          Não, mas o que eu quero dizer, é que o que importa é que tenhamos fé; o importante é ter fé!...- concluiu.
-          Será que é assim mesmo? – perguntei – É dessa maneira que a senhora pensa? – Posso fazer mais algumas perguntas?
-          É claro que sim. – disse
-          Eu presumo que a senhora seja a proprietária desta clínica...
-          É verdade – disse a psicóloga.
-          A senhora tem uns vinte funcionários, aproximadamente? – indaguei
-          Sim – ela respondeu.
-          O que é importante para a senhora? Que os seus funcionários trabalhem, meramente, ou que eles o façam dentro de parâmetros preestabelecidos pela senhora? – perguntei.
-          Eles têm que seguir o sistema que foi criado para o funcionamento adequado da empresa. – afirmou, educadamente.
-          Então, será que o verdadeiro Deus, o Deus da Bíblia, não estabeleceu os princípios, pelos quais Ele deseja ser buscado, adorado e crido? - concluí.   Não houve resposta.

Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim (João 14:6).

                                                                                                                                                      Túlio Vasconcelos

 (De “Histórias de Pescadores – Aprendendo a Viver, Lendo a Vida” – Ed. Novo Horizonte, 2008 – Vasconcelos, Túlio)